segunda-feira, 5 de agosto de 2013

My Dear



Eu escrevo canções tristes
Choro por sua ausência
rio da paradoxa essência
que existe em você
Me faz tão mal te querer
se pudesse entender
o quanto eu sinto
o quanto eu respiro
sua aura
mas não posso
mais esconder
camuflar meu amor
sempre me causou dor
em breve te encontrarei
MY DEAR





Nenhum comentário:

Postar um comentário